Use o freio motor: as serras demandam muito "esforço" dos freios, por isso, muitos acidentes que ocorrem nesse trecho acontecem pela "perda de freio" dos veículos. Para os caminhões, descer a serra acionando só o freio pode superaquecer os tambores do sistema, o que leva ao travamento. Para evitar isso, mantenha a embreagem em marcha baixa e use o freio motor.

Mantenha a marcha engatada: descer a serra “na banguela” é perigoso e pode causar acidentes. Desça a serra com o veículo em marcha baixa, assim, você garante uma velocidade adequada, evita a perda do controle do caminhão e dá mais eficiência ao freio motor.

Esteja com a manutenção em dia: manter as revisões e a manutenção preventiva em dia é extremamente importante para a segurança do seu bruto, principalmente para transitar em trechos como a descida de uma serra. Sempre se certifique da boa condição do sistema de freios, dos pneus e das pastilhas, por exemplo.

Respeite a velocidade: manter seu bruto dentro da velocidade permitida pela via é obrigação de qualquer motorista, entretanto, quando se trata de uma descida de serra, isso se torna ainda mais essencial para evitar acidentes. O ideal é manter-se em uma velocidade ainda mais baixa do que aquela imposta pela via.

Mantenha distância dos outros veículos: essa também é uma dica válida para qualquer estrada, mas é ainda mais importante para a descida de serras. Mantenha uma distância segura do veículo da frente, de preferência maior do que a distância que você manteria em qualquer estrada normal. Lembre-se também de evitar ultrapassagens nesse trecho.

Fonte: VDO